Slide

quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

A morte como efeito colateral - Ana María Shua


Editora: Globo Editora
Páginas: 208
Sinopse: Na violenta Buenos Aires de um futuro não muito distante, Ana María Shua conta a história de personagens que têm sua vida modificada por uma doença grave em A morte como efeito colateral Ernesto, um maquiador de meia-idade transformado em roteirista por um cineasta excêntrico e abonado, tem sua vida modificada após o diagnóstico de câncer intestinal de seu pai. A doença faz com que os papéis no quadro familiar se modifiquem: o pai, que antes era uma figura dominadora, agora é impelido a pedir auxílio e tem sua independência abalada; a mãe, outrora bela e motivo de orgulho para o filho, surta ao ver a força do companheiro se exaurir; Cora, a irmã parasita, sente-se ameaçada diante da nova situação que todos são obrigados a encarar. Relatando os acontecimentos a um amor do passado, ao qual se submetia sob a condição de amante e que agora não passa de um confessor imaginário, Ernesto revela sua própria forma de loucura. 

   No início o livro é um pouco confuso. O Ernesto conversa com uma mulher, escreve para ela, mas nunca manda o que escreve. É meio melancólico por causa do  o pai um controlador que não gosta que os filhos sejam independentes, sua mãe aceitando as humilhações do pai dele sem falar nada e Cora sua irmã que é dependente dos pais não só financeiramente como também psicologicamente. Nada em sua vida era como ele desejava. 
  Não é um dos meus livros favoritos, mas até que é interessante ver o que acontece, mas tive que tomar cuidado porque ele de uma hora pra outra começa a falar de um assunto e depois vai para outro. Mas devo dizer que o final foi impressionante! Diferente de tudo que eu havia imaginado. Vale apena ler, mas como já disse cuidado com os comentários que desviam da história por um momento e depois voltam a ela. 

A autora

10 comentários:

  1. já li esse livro, e gostei um pouco do desenrolar da história. Mas não sou uma grande fã de literatura brasilera, então esse preconceito já me impede de apreciar a leitura como devia.
    UAHEUAHEUAHEHUA

    gostei da tua crítica, bem fundamentada

    http://educacaoalienista.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. ahhh, tô seguindo, gostei do blog. Me segue lá?

    :3

    http://educacaoalienista.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Análises de livros são sempre interessantes.
    Parabéns pela iniciativa. :)

    Ah, e sinta-se convidada a me visitar em www.jvictorlima.com

    ResponderExcluir
  4. Nunca li esse livro, e nem tinha ouvido falar dele, mas gostei da sua resenha!

    Já estou seguindo o blog, espero sua visita!

    xx Luiza, Express Coffee

    ResponderExcluir
  5. Já sei quem é vc Senhorita Anna ! Vc é a garota que conseguiu atiçar minha curiosidade a ponto d'eu ter que ler esse livro agora. Vc é tbm a garota responsavel por este belo blog e agora é resonsavel tbm por mim, a quem cativou.Estou seguindo...bju
    Qdo tiver oportunidade nos dê a honra de tua visita ao nosso blog...

    Um grande abraço e parabens mais uma vez...

    ResponderExcluir
  6. Parece interessante !!!

    Fiz um história no meu blog e gostaria de opiniões para continuar a escreve-la se puder da uma passada ficarei muito agradecida

    http://amandhabella.blogspot.com/2011/01/o-ultimo-beijo.html#comments

    ResponderExcluir
  7. Obrigada Ana por você ter passado no meu blog *.* eu fiquei muito feliz com seu comentario ..
    Beijos

    Há já postei a segunda parte quando pulder de uma olhada lá ....

    ResponderExcluir
  8. Oiii gostei do blog!!!
    bjosssssss

    ResponderExcluir
  9. Hum, quero meus creditos, eu te apresentei esse livros.
    rsrsrsr
    =P

    ResponderExcluir

Leia e Comente, sua opinião é muito importante para mim. Caso encontrem algum problema avisem.

Cliquem em "Notifique-me" para saber quando for respondido.

* Os comentários que possuírem link de algum blog terão a visita retribuída