Slide

quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

A morte se aproxima



Estrada escura sigo
Caminho perdido é o que trilho
Pouco a frente um ser avisto
Capa preta e foice a mão
Medo não tenho mais 
É meu destino 
Não vou voltar atrás
Ajoelho-me no chão
Meu olhar fixo em seus pés
O brilho da foice reflete em mim
Bom, esse é o meu fim.


   Fiz este poema bem rapidinho para vocês. Amanhã vou postar a resenha de mais um livro que li, espero que gostem até lá!!

Beijos e uma excelente noite!!!

Um comentário:

  1. Caramba vc tem talento em! q poema massa, gostei msm, passa lá no meu tb =D
    http://juniorchicleteiro.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Leia e Comente, sua opinião é muito importante para mim. Caso encontrem algum problema avisem.

Cliquem em "Notifique-me" para saber quando for respondido.

* Os comentários que possuírem link de algum blog terão a visita retribuída