Slide

segunda-feira, 8 de setembro de 2014

Legado de Sangue - Raquel Pagno

Editora: Independente/Amazon
Páginas: 373
Sinopse: Carmem sempre ouvira as tristes histórias de Francesca. Adorava cada frase saída da boca enrugada da avó, mas sentia que a verdade estava escondida nas linhas de seu rosto, presa em um coração saturado de sofrimentos. Foi em uma noite de lua cheia que ela finalmente lhe contara a verdade: seu antepassado era um vampiro, Carmem era a herdeira do Rubi de Sangue e do poderoso sangue das bruxas, o único alimento capaz de saciá-lo completamente, e que ao mesmo tempo era para ele mais letal do que qualquer veneno; e era a única capaz de gerar um filho para salvá-lo da extinção. Apaixonada, Carmem segue o seu caminho rumo ao destino que a aguarda. Miguel deseja o seu sangue, e ela, a imortalidade dele.
O sangue revela tudo sobre uma pessoa, conta sua história, a dos seus antepassados, de quem ela é, e até o que ela não sabe sobre si mesma. E quem melhor para saber a história que seu sangue transmite do que a matriarca da família? Quando Francesca fazia alusão a sua história o ar ficava pesado, Ana a neta mais nova não dava ouvidos, Clarisse por outro lado via o sofrimento estampado nos olhos da avó e ansiava por conhecer sua história, Tereza a mãe das garotas, parecia querer esconder tudo delas. Mas quando Francesca decidiu contar sua história, tudo na vida de Clarisse mudou.


Esse é o contexto que encontramos em Legado de Sangue. A primeira parte da narrativa traz o relato de Francesca sobre seu passado de dor e encontro com o mal. Ela, uma imigrante a beira da miséria cujo marido fora enviado para a guerra, encontrou um protetor, que mais tarde se tornou o seu pior pesadelo. Isto porque Miguel, o seu benfeitor, sabia mais sobre Francesca do que ela mesma, ele era o ultimo dos vampiros e ela a ultima das bruxas, e somente ela poderia ajudá-lo a realizar sua missão de vida, a de perpetuar a sua espécie. O relato de Francesca, provoca a curiosidade de Clarisse que acaba mexendo em um passado que a família procurou esquecer, ela acaba trazendo para sua vida o mal do qual a mãe tentava protegê-la e tudo na vida delas muda completamente por causa das decisões da garota.

Legado de Sangue, apesar de ser um livro cuja temática me encanta e trazer uma premissa bastante interessante, não foi um livro que me satisfez. Achei a narração muito cansativa, com pouca dinâmica, poucos diálogos e com a descrição pouco palpável. Além disso, achei a repetição da história das três gerações de bruxas perseguidas por um mesmo vampiro, com o mesmo objetivo, completamente desnecessária. Se a história tivesse acabado na primeira parte, tendo o seu foco completo na história de Francesca, eu teria muito mais a elogiar no livro. Também achei que a segunda parte foi pouco desenvolvida, as coisas aconteceram de uma maneira muito rápida, os personagens e as relações entre eles foram pouco exploradas e o desfecho pouco crível. Acho que a Raquel pecou por excesso de imaginação, muita coisa na obra poderia ter sido dispensada ou relatada de outra forma que tornasse o livro menos cansativo.


Indico o livro para aqueles que gostem de romances sobrenaturais.


Resenha escrita em parceria com o site Arca Literária.



9 comentários:

  1. Olá
    Uma pena que não tenha sido uma leitura tão boa quanto poderia ser
    Beijos

    cocacolaecupcake.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Acredito que na verdade o que ela fez não foi pecar por excessividade, ela quis mostrar que nas três gerações as três pessoas se encantaram pelo menos homem. Eu gostei da história e achei a narrativa dela condizente com a época. Foi bem descrita exatamente porque ela abordou na época antiga. Impossível ela colocar diálogos de hoje em dia se passando no passado.
    Quando aos diálogos, penso que teve o suficiente para que a obra se desenvolvesse. Nenhuma obra é coberta de diálogos. Machado de Assis, por exemplo, ele dialoga pouco e passa a maior parte do tempo divagando sobre as coisas.
    Há de se levar isso em questão também.

    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista. São 6 livros para escolher e 2 ganhadores.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sou uma leitora assídua de clássicos, e posso dizer com convicção que Legado de Sangue em nada se assemelha a eles.

      Excluir
  3. Oi Karol,
    Eu gostei da premissa do livro, faz tempo que não leio nada relacionado com vampiros.
    Uma pena que não tenha atendido suas expectativas, no meu caso.. gosto dos diálogos também, mas às vezes a narrativa é tão bacana que flui.

    Sucesso para a autora.

    bjs
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, só que nesse caso a narrativa também foi bastante desgastante...

      Excluir
  4. Olá Karol,
    lendo a sinopse, eu fiquei encantada com a historia. Sou amante dos livros que tenham como tema os vampiros, e ainda mais quando, junto trás um romance e uma trama. E por este motivo eu me encantei.
    Porem ao ler sua resenha me peguei intrigada e com medo. Você relata muito bem os pontos fracos, quais eu acho necessário para uma historia, principalmente quando se trata de maldição e desses seres.
    Vou dar uma chance a leitura, mas não sera agora, irei adiar minha leitura.
    Parabéns pela resenha!

    Beijokas Ana Zuky

    Blog Sangue com Amor

    ResponderExcluir
  5. Estão trabalhando muito mesmo hem meninas parabéns!

    ResponderExcluir

Leia e Comente, sua opinião é muito importante para mim. Caso encontrem algum problema avisem.

Cliquem em "Notifique-me" para saber quando for respondido.

* Os comentários que possuírem link de algum blog terão a visita retribuída