Slide

quarta-feira, 17 de setembro de 2014

Vi lá fora #7 - Finding Monsters (Encontrando Monstros)



Hey gente!!



Hoje eu trouxe um livro sobrenatural com uma premissa bem interessante! Além da capa e da sinopse, consegui também um trecho do livro. Que a propósito se chama: Finding Monsters (Guardians of Esurack #1). Em uma tradução livre seria: Encontrando Monstros.

E aí, já ouviram falar? Se sim ou se não, vamos conhecer mais sobre...


Monstros são reais, mas eles não são o que se espera. Seu reino escondido só pode ser encontrado na escuridão. Eles assistem aos seus seres humanos. Os portais escuros que levam ao seu mundo deles. 

Tocar é proibido... mas nem todos seguem as regras
Missy tem lutado para viver toda a sua vida, mas quando se está em um reino de monstros por vezes mortais, ela descobre o quanto de uma sobrevivente carrega. Ela foi acidentalmente transferida para este reino misterioso por seu monstro e amigo, Charlie, que encontra-se fraco e incapaz de protegê-la.  

A única maneira que ela tem para que possa defender-se e a Charlie, é tornar-se um monstro. Mas um perseguidor escuro desconhecido observa seu progresso e ele almeja roubar o seu poder, para liberar uma praga, tanto o seu mundo quanto no mundo que ela deixou para trás.



Conhecida um pouco da história, vamos ao trecho que prometi:

O Monstro

   Depois de tomar banho e me vestir, faço o caminho das fogueiras para preparar café da manhã para mim e Missy. Carrego a bandeja de pães e frutas para o seu quarto. Bato. E bato novamente. Abro a porta, olho para dentro, pronto para recuar se ela ainda estiver dormindo. Mas entro em pânico. Missy não está em seu quarto. Escancarando a porta, coloco a bandeja em cima de um móvel. Sua cama esta feita. Eu verifico o banheiro que também está vazio. Verifico o meu quarto apenas para ter certeza, mas não há nada. Corro para o quarto dos meus pais com o meu coração se debatendo no meu peito.
   "Onde ela está?"
   Eu exijo sem preâmbulos.
   "Onde ela está?"
   Minha mãe se aproxima e tentar acalmar meus medos.
   "Ela deixou a casa esta manhã antes do amanhecer. Ela já começou sua busca."
   "Eu não entendo. O que procura ? Por que ela não me contou? Quem está protegendo ela?"
   Eu encaro para questioná-los. Não consigo pensar direito. A mágoa está crescendo, aumentando com o meu pânico.

Lembrando que essa é uma tradução livre!!!

O que vocês acharam? Eu achei a sinopse um pouquinho estranha, mas a arte da capa é muito interessante e chamativa.



6 comentários:

  1. Adorei a capa! É pela sinopse não dá para saber muito sobre o livro mesmo.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é, Sil? Essa sinopse fala, fala e não diz nada!

      Excluir
  2. Olá!

    Achei a capa um pouco estranha... e a sinopse também, mas o trecho foi um pouco chamativo. Mas não sei se é o meu estilo de livro =P

    http://refugiorustico.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Maria, falando sério, nem eu sei se gostaria do livro. Mas achei a capa, apesar de esquisita, bem instigante. O trecho também.

      Excluir

Leia e Comente, sua opinião é muito importante para mim. Caso encontrem algum problema avisem.

Cliquem em "Notifique-me" para saber quando for respondido.

* Os comentários que possuírem link de algum blog terão a visita retribuída